13
Mai.
a 14
Mai.

Os heróis que não aterram nas ilhas dos contos

Rui Spranger / Apuro

01 h 00 m
Galeria

Sinopse

Em 1982, Júlio, jovem professor de literatura e músico, é recrutado para a Guerra das Malvinas, conflito armado entre a Argentina e o Reino Unido, e o último a ser travado corpo a corpo. Regressado, reencontra quem ama desde a infância, Cecília, que durante a sua ausência viveu um conflito entre a espera e o avanço. Toda a ação acontece num só espaço, um quarto, que invoca muitos outros lugares. Este reencontro, para lá da contenda entre dois lados opostos de uma guerra entre países, permite aceder à luta de dois lados análogos: a guerra daquele que vai, e a daquele que fica. O interesse de Júlio pela literatura fá-lo descrever a guerra como o caminho dos heróis inventado por Joseph Campbell e desenvolvido por Christopher Vogler, já que para Júlio a literatura sempre foi a sua única arma, e ensinar a sua luta, tendo sempre vivido guerras mais de espírito que de sangue. A humanidade que tanto falta nas guerras é trazida por este personagem, que apresenta, com o seu caráter sensível, o que se vive num lugar de morte. Ao rever Cecília após o regresso que pensavam impossível, coloca-se no centro da tensão o abandono sentido por ambos, a dúvida e o limite da traição.

ler mais

Companhia/Artista

Rui Spranger / Apuro



ler mais

Ficha Artística

Direção artística - Rui Spranger

Interpretação - Fernando André, Mariana Silva Costa 

Texto - Pilar Ruiz 

Produção executiva - Emanuel Rodrigues

Comunicação - Rui David

Vídeo - Hugo Valter Moutinho 

Operação de luz e vídeo - Paulo Ribeiro 



Agradecimentos - Macaréu - Associação Cultural, Joia Calçado, S.A, Sara Santos Ribeiro; Ace - Escola de Artes 

ler mais

Também poderá ter interesse em

© 1978-2021, FITEI. Todos os direitos Reservados
  • PT ES EN