17
Mai.

Fuck me

Marina Otero

01 h 00 m
Galeria

Sinopse

“Sempre me imaginei no meio do palco, como heroína, a vingar-me de tudo. Mas o meu corpo não aguentava tanta luta. Hoje, cedo o meu espaço aos intérpretes. Vou ver como emprestam o corpo deles à minha causa narcisista.” Neste projeto, Marina Otero procura criar uma peça teatral interminável sobre a sua vida. Fuck me é a terceira parte de uma trilogia, depois de Andrea e Recordar 30 años para vivir 65 minutos. Esta nova peça analisa a passagem do tempo e as marcas deixadas no corpo. Fuck me vai além das fronteiras entre documentário e ficção, dança e performance, acaso e representação.

ler mais

Companhia/Artista

Marina Otero

ler mais

Ficha Artística

Dramaturgia e encenação - Marina Otero

Performers - Augusto Chiappe, Cristian Vega, Fred Raposo, Juan Francisco Lopez Bubica, Miguel Valdivieso, Marina Otero

Cenografia e desenho de luz - Adrián Grimozzi

Cenografia e luz em tour / direção técnica - David Seldes, Facundo David

Figurinos - Uriel Cistaro

Desenho de som e música original - Julián Rodríguez Rona

Aconselhamento dramatúrgico - Martín Flores Cárdenas

Assistência de encenação - Lucrecia Pierpaoli

Assistência de coreografia - Lucía Giannoni

Assistência de cenografia e luz - Carolina Garcia Ugrin

Artista visual - Lucio Bazzalo

Montagem técnica de audiovisuais - Florencia Labat

Styling - Chu Riperto

Fotografia - Matías Kedak

Execução de figurinos - Adriana Baldani

Produção executiva - Mariano de Mendonça, Marina D’ Lucca

Produção - Mariano de Mendonça

Produção europeia - Otto Productions – Timbre 4

ler mais

Também poderá ter interesse em

© 1978-2021, FITEI. Todos os direitos Reservados
  • PT ES EN